Básico (a partir do 5º ano)

É objetivo do Curso Básico conjugar internamente os conteúdos e práticas pedagógicas para que os alunos do 1º ciclo de aprendizagem desenvolvam:
   1. A linguagem musical tocando / cantando como forma de expressão natural já mais elaborado do ponto de vista do reportório e complexidade de escrita;
   2. Assumindo a especificidade de cada aluno do ponto de vista instrumental (facilitado pelo facto de as aulas serem individuais) e sem prescindir de exigência de adaptar e orientar cada um para o percurso escolar mais voltado para uma perspetiva profissional ou amadora;
   3. Organizar todo este ciclo no sentido de dotar os alunos de uma vivência musical completa em que as disciplinas de formação musical, classes de conjunto e instrumento se articulem entre si formando um todo e em que a interdisciplinaridade se articule a nível programático em função dos objetivos traçados;
   4. Utilizar estratégias de motivação nesta fase etária especialmente difícil do percurso escolar, usando meios tecnológicos aliados aos instrumentos e práticas mais tradicionais, ou seja, levar a escola ao encontro das expectativas dos alunos e que o aluno chegue ao fim deste ciclo capaz de prosseguir os seus estudos motivado ou não por uma via profissionalizante.

O Curso Básico é constituído por 5 graus, cada um deles correspondendo a um ano letivo.

Os alunos poderão frequentar o regime articulado ou o regime supletivo de acordo com as condições específicas de cada um.


REGIME ARTICULADO

No regime articulado prevê-se um protocolo entre uma escola de ensino básico e uma escola de ensino artístico especializado em que a primeira se responsabiliza pelas disciplinas do currículo geral e a segunda pelas componentes específicas de ensino artístico. Funciona em duas escolas paralelamente. Quando previamente acordado com a escola de ensino básico, as aulas de componente vocacional também podem ser lecionadas nesta mesma escola, não tendo o aluno de se deslocar à escola de música.

Como este regime é comparticipado totalmente pelo ME, os alunos estão isentos de propina.

Este regime visa o desenvolvimento de interesses e vocações, através da possibilidade de frequência de currículos que asseguram a aquisição das competências essenciais de uma escolaridade básica, ao mesmo tempo que integram as componentes específicas inerentes à área artística da música.

REGIME SUPLETIVO

O Ensino Especializado da Música em Regime Supletivo é frequentado mediante pagamento de propina, que pode ser parcialmente subsidiada pelo Ministério da Educação.